segunda-feira, 4 de setembro de 2017

II Feira da Reforma Agrária no Galpão da Lua


Está chegando o dia: Sábado dia 9 a partir das 9h da manhã o Galpão da Lua sediará novamente a feira de produtos agroecológicos, frutos da reforma agrária e da produção familiar.
Assentados da região do Pontal do Paranapanema vem para mais uma vez beneficiar o povo da cidade de Presidente Prudente e região com produtos livre de agrotóxicos.


Teremos produtos que são industrializados pelo próprio movimento como por exemplo: Leite de caixinha, leite condensado, creme de leite, achocolatado de caixinha e arroz, todos produtos TERRA LIVRE.
Produtos agroecológicos: Coentro, Salsa, Almeirão, Alface, Espinafre, Brócolis, Acelga, Mandioca
Mansa, Tomate Cereja, Banana, Couve, Repolho, Farinha de Mandioca, Maxixe, Ovos, Galinha Caipira, Peixe fresco, Pão, Bolo, Bolacinhas, Queijos, Licores, cachaça e Mel.
E pra quem gosta muito de feira que nem a gente tem tapioca feita na hora e suco natural.
Todos os produtos com preços super acessíveis.


*IMPORTANTE* Para que essas famílias saiam dos assentamentos, alguns há mais de 200km de Presidente Prudente, existe um custo de combustível que não é barato, portanto estamos arrecadando as doações em espécie.

Nos ajude a trazer mais e mais famílias, vamos juntos apoiar a agricultura familiar e a vinda deles para a feira. Entre em contato com o Galpão via Facebook ou WhatsApp (18)9-8189-3038, contribua, precisamos de vocês. JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!



Serviço: 

Data: Sábado dia 09
Horário:9h ás 13h
Local: Galpão da Lua 







quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Sexta tem espetáculo na Vila Brasil

Mamulengo Rasga Estrada apresenta: O Sumiço do Boi Pintadinho.

Foto:Julia Kanashiro

O espetáculo acontecerá na próxima sexta dia 1 de setembro ás 20h, na Vila Brasil em frente ao antigo Galpão da Lua. O espetáculo tem o apoio do Galpão da Lua e da Rede Brasileira de Teatro de Rua.

Release
Foto:Elton Maioli 

O sumiço do boi Pintadinho Simão e outros personagens clássicos do Mamulengo vão viver uma história cheia de confusões em torno do sumiço do boi Pintadinho.

Numa linguagem popular, a história é narrada de maneira leve e solta com trocadilhos, escatologias e pitadas de críticas sociais.


Coroné João Redondo, a Cobra e até o Cão dos Inferno vão aparecer e Simão fará de tudo para recuperar o boi sumido. 
O público participa dessa história cheia de surpresas hilárias e ajuda Simão a se safar da imensa confusão que se meteu.




   Ficha Técnica:

Espetáculo: O Sumiço do boi Pintadinho
Autor: Mamulengo Rasga Estrada
Música: Bruno Palacio e Rafael Batalini
Bonequeiro: Felipe Barros
Duração: 50 Minutos
Classificação etária: Livre
Cenário: Ângela Farias e Juliana Scorza
Figurino: Ângela Farias, Rosana Fonseca e dona Antonia
Orientador e Mestre: Danilo Cavalcante
Arte Gráfica: Deva Bhakta

Contatos: mamulengorasgaestrada@gmail.com

Mais informações e programação completa do Galpão da Lua podem ser conferidas no bloghttp://federacaoprudentinadeteatro.blogspot.com.br/


 O que? Espetáculo “O sumiço do Boi Pintadinho”
                                                                              
Grupo Mamulengo Rasga Estrada

Quando? 1 de setembro, sexta, às 20h.

Colabore com o chapéu !





Cabaré Cultural no Distrito de Eneida

Arte:Bruno Palácio

O Espetáculo Cabaré Cultural do Galpão da lua será apresentado no próximo domingo dia 3 de setembro no Distrito de Eneida.

A apresentação é gratuita!

O Cabaré Cultural foi contemplado no Edital de Contratação de Espetáculos GIRARTE da Secretaria Municipal de Cultura de Presidente Prudente e realizará 3 apresentações em bairros da cidade. Já foi apresentado no Jd. Humberto Salvador, 25, e domingo,3, será no Distrito de Eneida e 25 de novembro na Praça 9 de Julho.

O Edital GIRARTE veio para atender uma cobrança da classe Artística e principalmente dos Artistas do Galpão da Lua que sempre manifestaram suas críticas à política de balcão e a gestão personalista nada democrática da pasta da Cultura de Presidente Prudente das últimas duas décadas. O Edital está longe de ser o ideal, de atender a demanda da população e da classe Artística local, mas é um avanço no sentido de garantir a imparcialidade dos projetos selecionados e de descentralização das ações culturais. Esperamos que o diálogo seja franco e que as edições deste edital possam acontecer mais vezes, com mais autonomia para os projetos, com mais recursos e mais possibilidades do fomento à Arte.
O Cabaré Cultural é um espetáculo de variedades com música ao vivo que apresenta cenas curtas de diversos gêneros e linguagens da Arte.


Cabaré Cultural - Bela Vista
Sinopse
O Cabaré Cultural é um espetáculo de variedades que reúne diversos grupos e artistas independentes. O público tem a oportunidade de apreciar uma noite lúdica e divertida com atrações de várias vertentes culturais. Fazem parte da programação esquetes de teatro, bloco de maracatu, números de circo, gags de palhaços, malabarismo, música. Enfim, muita ARTE! 
Esse espetáculo coletivo não tem idade, todos podem assistir! O principal gênero oferecido é o humor, mas também há cenas e números que conduzem o público à reflexão e a outras emoções. Fazem parte da programação os grupos Rosa dos Ventos, Brincantes do Pisa Chão, Mamulengo Rasga Estrada, Banda Mocambo Groove e Bloco Maracanóis, todos grupos do Coletivo Cultural Galpão da Lua.



Link para a carta crítica do Galpão da Lua ao edital Girarte: http://federacaoprudentinadeteatro.blogspot.com.br/2017/05/giraarte-circulacao-2017-peneira-que.html

Serviço
Local: Praça da igreja - Eneida
Horário: 17h
Duração: 120 minutos

Cabaré Cultural - Imoplan 



terça-feira, 22 de agosto de 2017

Cabaré Cultural no Jardim Humberto Salvador


O Espetáculo Cabaré Cultural do Galpão da lua será apresentado no próxima sexta feira dia 25 de agosto no Jardim Humberto Salvador.

A apresentação é gratuita!

O Cabaré Cultural foi contemplado no Edital de Contratação de Espetáculos GIRARTE da Secretaria Municipal de Cultura de Presidente Prudente e realizará 3 apresentações em bairros da cidade. Além do Jd. Humberto Salvador, 25, o Coletivo se apresentará dia 03 de setembro no Distrito de Eneida e 25 de novembro na Praça 9 de Julho.


O Edital GIRARTE veio para atender uma cobrança da classe Artística e principalmente dos Artistas do Galpão da Lua que sempre manifestaram suas críticas à política de balcão e a gestão personalista nada democrática da pasta da Cultura de Presidente Prudente das últimas duas décadas. O Edital está longe de ser o ideal, de atender a demanda da população e da classe Artística local, mas é um avanço no sentido de garantir a imparcialidade dos projetos selecionados e de descentralização das ações culturais. Esperamos que o diálogo seja franco e que as edições deste edital possam acontecer mais vezes, com mais autonomia para os projetos, com mais recursos e mais possibilidades do fomento à Arte.

O Cabaré Cultural é um espetáculo de variedades com música ao vivo que apresenta cenas curtas de diversos gêneros e linguagens da Arte.


Zorba Froxa e Dez pra Sete 
Sinopse

O Cabaré Cultural é um espetáculo de variedades que reúne diversos grupos e artistas independentes. O público tem a oportunidade de apreciar uma noite lúdica e divertida com atrações de várias vertentes culturais. Fazem parte da programação esquetes de teatro, bloco de maracatu, números de circo, gags de palhaços, malabarismo, música. Enfim, muita ARTE! 
Esse espetáculo coletivo não tem idade, todos podem assistir! O principal gênero oferecido é o humor, mas também há cenas e números que conduzem o público à reflexão e a outras emoções. Fazem parte da programação os grupos Rosa dos Ventos, Brincantes do Pisa Chão, Mamulengo Rasga Estrada, Banda Mocambo Groove e Bloco Maracanóis, todos grupos do Coletivo Cultural Galpão da Lua.



Link para a carta crítica do Galpão da Lua ao edital Girarte: 
http://federacaoprudentinadeteatro.blogspot.com.br/2017/05/giraarte-circulacao-2017-peneira-que.html


Serviço
Local: Praça da Juventude – Humberto Salvador
Horário: 20h
Duração: 120 minutos
Entrada gratuita



terça-feira, 15 de agosto de 2017

Groove de Bamba apresenta: “Reinventando clássicos”

Foto:Aloander Oliveira 

Sábado, dia 19 às 21h no Galpão da Lua vai rolar o show da banda Groove de Bamba, entrada gratuita com a colaboração espontânea do chapéu.

 O grupo apresenta neste show um repertório clássico e moderno da Funk 'n Soul Music. Além das referências nacionais como Elza Soares, Tim Maia, Criolo e Karol Conka, o grupo também traz no seu set list suas próprias canções. Através de uma sonoridade moderna e particular, as interpretações são marcadas pelo canto de Nara Dom, contralto de voz forte e potente, e por levadas que extrapolam o gênero fazendo referência ao samba, reggae, jazz, rock e hip-hop.

Nara Dom (voz) Cacau Dourado (baixo/backing vocal) Fabíola Ognibeni (guitarra/backing vocal) Reinaldo Pereira (trompete) Rômulo Dias (trombone) Vinicius Suzuki (baterista)

A Groove de Bamba já se apresentou em casas de show, ocupações, festivais e diversas unidades do SESC do estado de São Paulo.


Foto:Divulgação


O que? Show “Reinventando clássicos”- Groove de Bamba
Quando? 19/08 às 21h

Onde? Rua Júlio Tiezze, 34, Centro - P. Prudente - Galpão da Lua


Contribuição espontânea do chapéu !




terça-feira, 1 de agosto de 2017

Mocambo Groove apresenta o show Mocambagem em Presidente Prudente.

Foto:Marcel Sachetti 

Formada em 2009, na Unesp de Presidente Prudente, a Mocambo Groove em sua proposta musical mescla a música brasileira, tendo como referência o baião, xote, frevo, ijexá e samba com outros gêneros musicais como rock, funk, reggae, salsa e afins. Com projeto aprovado pelo edital GirArte-Circulação de Arte da Secretaria da Cultura de Presidente Prudente, a banda fará duas apresentações do show Mocambagem, a primeira ocorre neste sábado, dia 05 de agosto, às 11h, na Praça da Bandeira, próximo ao camelódromo e a segunda no domingo, dia 26 de novembro, às 17h, no Parque do Povo.
No show Mocambagem, a banda apresenta composições que marcam a sua trajetória ao longo destes oito anos, com músicas de seus dois primeiros trabalhos, “Aterritorial” (2011) e “Das Tripas CoraSom” (2016) e mais algumas músicas inéditas, influenciadas pelo groove e o suingue da música americana e canções que retratam sobre temas cotidianos, arte de rua, violência, sonhos, repressão policial, corrupção, psicoativos, ideais, manifestações populares e protestos, o show convida o público há um mergulho introspectivo na música Cafundó, a atmosfera do sertão paulista em Amoreira e folia garantida com Frefumassa.

Release do show Mocamabagem


A Mocambo Groove no show “Mocambagem” apresenta um pouco da diversidade da música brasileira com pitadas de “word music” através de composições que foram desenvolvidas ao longo destes oito anos de sua formação, com influência de música instrumental e música popular brasileira as composições são marcadas pelo baião, maracatu, samba, ijexá, frevo e a sua mistura com rock, reggae, funky, salsa e entre outros estilos que são experimentados e “lapidados” em busca do groove.
O show apresenta um mergulho introspectivo na música Cafundó, a atmosfera do sertão paulista em Amoreira e folia garantida com Frefumassa, costurando músicas dos dois primeiros trabalhos, “Aterritorial” (2011) e “Das Tripas CoraSom” (2016) e algumas músicas inéditas.
Duração: 70 min

O que? Show Mocambagem - Mocambo Groove
Onde? Praça da Bandeira, próximo ao camelódromo
Quando? 05/08 às 11h

Realização: Mocambo Groove, Secretaria da Cultura do Município de Presidente Prudente - Edital GirArte-Circulação de Arte

Apoio: Galpão da Lua




segunda-feira, 24 de julho de 2017

Feira da Reforma Agrária no Galpão da Lua


Foto:internet

Com imensa satisfação o Galpão da Lua sediará no dia 10 de Agosto a partir das 10h, a feira de produtos orgânicos do MST, os alimentos são provenientes dos assentamentos: Gleba 15 de Novembro;Ibonanza; Porto Maria são do município de Rosana, São Bento; Aroldina e Margarida Alves que são de Mirante do Paranapanema; assentamento Rodeo de Pres. Bernardes e Dom Tomas Balduino do município de Sandovalina. Todos da agricultura familiar e da reforma agrária.
Teremos: verduras, frutas, mel, geléias, polpa de fruta, pão, arroz, feijão, galinha caipira.

Tudo orgânico e sem a adição de agrotóxicos.

Os preços são: verduras a partir de R$2,00 o maço, o mel R$10,00, ovos R$8,00 a dúzia, tudo super acessível.
Para que as famílias possam vir do campo à cidade precisamos da contribuição (espontanêa, rs) monetária, de vocês consumidores como nós.
Toda quantia é bem vinda!
Manda uma mensagem inbox através do facebook ou pelo e-mail federacaoprudentinadeteatro@hotmail.com pra gente que vamos buscar sua doação! 

Serviços: 
Data:10/08/2017 - Quinta-feira
Horário:10h ás 18h
Local:Galpão da Lua


Foto:divulgação




sexta-feira, 21 de julho de 2017

Semana começa com atividades no Galpão da Lua.

Mauro Cosenza Machado - Foto: divulgação 

Na próxima segunda e terça 24 e 25, às 19h vai acontecer no galpão a oficina de malabarismo com o palhaço e malabarista Mauro Cosenza Machado de Montevidéu Uruguai. E na quarta dia 26, às 20h ocorrerá o espetáculo H2oBoom  no Conjunto Habitacional João Domingos Netto.
Sobre a oficina: O objetivo da oficina é gerar ao participante a necessidade de ter um processo criativo em qual queira desenvolver uma disciplina artística a qual possa executar de uma maneira saudável e recreativa em seu tempo livre ou como forma de oficio. Por outro lado, gerar ao participante o autocuidado, respeito, autoestima e companheirismo, incentivando a concentração, a confiança e sobre tudo a vencer medos, demonstrando a si mesmo que podem chegar e mudar coisas aparentemente difíceis mas com esforço e vontade se veem resultados satisfatório e difundir o malabarismo dentro da cidade e do país.
 As inscrições podem ser feitas na hora e a contribuição é espontânea com o chapéu para o artista.

Sobre o espetáculo: H2oBoom 
El Gran Enano
H2oBoom é o mais recente trabalho do uruguaio Mauro Cosenza, El Gran Enano, um palhaço excêntrico, elétrico e realista, possuído por um bufão que está oculto por uma tênue linha entre o empírico e o delírio. O espetáculo leva ao público toda a loucura de seu palhaço, mostrando sua pesquisa na manipulação de balões e objetos, utilizando o teatro físico para a construção poética-visual do espetáculo. H2oBoom é uma mescla de água e explosões, onde a observação e as provocações do palhaço rompem a linha que separa o artista da plateia possibilitando todos a entrar em seu jogo de cena.

Sinopse
H2oboom é um espetáculo que mescla, água e explosões. Que se inicia em tom poético onde balões e mais balões vão aparecendo, compondo as cenas e dando vida ao cenário. El Gran Enano, um excêntrico palhaço, utiliza suas habilidades e delírios para realizar com cada balão um estouro, onde bolas de ping-pong, engenhocas, mágica, água e muitas explosões acontecem de maneira crescente, rompendo a barreira entre artista e plateia gerando um jogo interativo conduzindo todos ao clímax do espetáculo, onde o palhaço se torna o alvo do Boom.
Interprete Criador: Mauro Cosenza - Uruguaio residente em São Paulo 
Duração – 40 minutos
Classificação – Livre 


Sobre Mauro Coenza
Aos 18 anos, deu uma reviravolta em sua vida quando conheceu o mundo dos artistas circenses urbanos e começou a arte do malabarismo, primeiro como um passatempo e logo como profissão. Um tempo depois descobre sua facilidade e amor dentro de um palhaço, o qual o ajudou muito a movimentar-se na rua e agradar o público com seu carisma.

Sua formação começa em 2007, no Uruguai , assistindo oficinas e cursos, assim como em seus estudos autodidatas. O qual o lhe provoca um grande desejo de expandir seus conhecimentos e decide começar a viajar por outros países.
Com pouca idade, alcançou um rápido desenvolvimento e paixão por cada técnica que optou, Clown e Malabares,, o qual o levou a apresentar seus espetáculos em diferentes parte do mundo.

Já realizou trabalhos em espetáculos de circo e de rua, festivais, varietes, teatros, foros e eventos. Também participou ativamente de espaços de circo como: La Invisible Circo, El Picadero y Tristán Periferia em Montevideo, Uruguai; no Centro Cultural trivenchi em Buenos Aires, Argentina; Espaço de Circo La Pertiga em Madri, Espanha; e Casa da Arvore em Brasília, Brasil.

Nestes espaços realizou diferentes atividades, desde projetos socioculturais como oficinas e apresentações de circo em bairros em situação de risco, espetáculo em presídios e instituições de menores, espetáculo de circo beneficentes e oficinas de circo integral além de realizar cursos mensais e oficinas de malabarismo.

Participou da organização de diferentes festivais como: 1° e 2° Festival Internacional de Circo Ozomatli na Cidade do México; 2° Festival Rodo Circo em Montevideo Uruguai; I FESTIRUA – Festival Internacional dos Artistas de Rua de Brasília, Brasil.

Serviços:
Oficina de Malabarismo
Dias 24 e 25 dàs 19h Às 22h​
Local: Galpão da Lua – Rua: Julio Tiezzi,130, Centro
Valor: Ao chapéu (Colaboração expontânea)

Espetáculo H2oboom
Dia 26 quarta-feiras, às 20h
Local: Praça do Wifi, João Domingos Netto
Valor: Ao chapéu (Colaboração expontânea)




sexta-feira, 7 de julho de 2017

20° Encontro da Rede Brasileira de Teatro de Rua

Segue a carta produzida no XX Encontro RBTR - Rede Brasileira de Teatro de Rua realizado no Galpão da Lua em Presidente Prudente de 29/06 à 02/07/2017:


20° Encontro da Rede Brasileira de Teatro de Rua
Galpão da Lua - Presidente Prudente/SP
02 de julho de 2017
Que cidade queremos?
Queremos um mundo possível...
Cidades desmilitarizadas, desprivatizadas. Vamos continuar bancando as armas que são produzidas para se virar contra nós?
Parece que não mais queremos lutar no ringue deste Estado
Nem apresentar em seus palcos,
Nem fazer mais leis para nos enquadrar nesse seu labirinto.
Falaram expropriação?
Direito à verdade. Não queremos justiça militar, nem democracia burguesa e seus pacotes de maldades.
Sabemos que por trás da polícia e das migalhas que nos dão e nos tiram está o projeto de Capital e suas grandes corporações privatizando as ruas e nos jogando às margens.
Mas, às margens também encontramos tantos outros marginais: Mulheres, indígenas, população negra, refugiados, ambulantes, pessoas em situação de rua, usuários de Crack, LGBT, sem terras, secundaristas, periféricos, artistas de rua.
Travesti não é bagunça!
E não queremos fechar portas,
Queremos derrubar as paredes que sustentam as portas!
E não queremos fechar portas,
Queremos derrubar as paredes que sustentam as portas!
E romper as fronteiras...
Mas não romantizemos a rua não!
Precisamos tomar as ruas para que a burguesia entenda que ela precisa nos devolver o que nunca foi nosso.
Mas não romantizemos o coletivo não!
Precisamos também derrubar as paredes que estão em nossos ouvidos e olhar as nossas atitudes cotidianas.
Qual a unidade de pensamento e de ação que podemos construir a partir de nossos relatos e para além de nossas controvérsias?
Vivemos tempos de partidos. Mulheres e homens partidos. Nem pessoa física, nem pessoa jurídica. Pessoa. Pessoas diversas num coletivo de coletivos.
Se parece estarmos fadados ao amadorismo e não garantir com a arte nossa sobrevivência só nos resta a resistência.
Existir é resistir.
É a volta do cipó de aroeira no lombo de quem mandou dar.
A cidade que queremos apoia o Galpão da Lua
A cidade que queremos exige justiça ao assassinato do artista uruguaio Matias Gallindez
A cidade que queremos exige 1% do orçamento para a cultura de Osasco
A cidade que queremos Descongela a Cultura Já em São Paulo
A cidade que queremos respeita as mulheres na escola, nas artes e nas ruas
A cidade que queremos repudia a retirada dos artistas da Ocupação no hospital Psiquiátrico São Pedro em Porto Alegre
A cidade que queremos repudia a junção da Secretaria de Cultura com a de turismo em Canoas/RS
A cidade que queremos é contra o desmonte da arte e da cultura e luta por um programa de ações continuadas na Secretaria de Cultura de Fortaleza/CE
A cidade que queremos é contra a lei que proíbe apresentações artísticas nos semáforos e nas ruas de São José dos Campos/SP
A cidade que queremos apoia a ocupação MARL em Londrina/PR e repudia o projeto de lei 02/17 que visa criminalizar todas as ocupações do município.

A cidade que queremos exige a verdade sobre o assassinato de Luana Barbosa









domingo, 2 de julho de 2017

Último dia do XX Encontro da Rede Brasileira de Teatro de Rua

Domingo, dia 02 de julho, últimos momentos do XX Encontro da RBTR, o encontro que comemora 10 anos da Rede foi marcado por muita arte e reflexão. Foram 9 dias intensos com trabalhos em todos os períodos o dia. Mais de 100 artistas vieram à Presidente Prudente e puderam colocar suas pautas locais, dividir suas angústias e pensamentos sobre o fazer artístico do trabalhador da cultura. Hoje será redigida a carta desse encontro com os pensamentos produzidos durante esses dias.

A Mostra Artística terá o espetáculo do Grupo TIA do Rio Grande do Sul e o Sarau que abre a 2ª Semana da Diversidade em Presidente Prudente

O grupo gaúcho traz a peça “História de circo em lona” que busca inspiração nos palhaços dos circos tradicionais com números de enganação, inversos ao da virtuose e com o fracasso como base. Mas que viram uma grande comunhão com o público, devido ao alto grau de simplicidade, ludicidade e, sobretudo, de cumplicidade que se estabelece.

Grupo TIA (Teatro Ideia Ação) desenvolve um trabalho continuado a mais de uma década. Tendo como proposta um teatro popular e de intervenção social. Uma de suas características mais marcantes é a viabilidade para a itinerância, todos seus espetáculos são concebidos e pensados tanto na questão estética como material para seu objetivo maior, circular, ir ao encontro do público onde quer que ele esteja, seja nas grandes metrópoles, nos teatros, nas praças, nas favelas, no sertão. Levar a sua arte aonde público e artista, numa comunhão, virem um só.

FICHA TÉCNICA
Realização: Grupo TIA
Dramaturgia: Grupo TIA
Direção: Marcelo Militão
Figurino e Maquiagem: Mariana Abreu
Adereços: Grupo TIA, Denise Ayres e Renan Leandro
Trilha sonora: Grupo TIA e Felipe Nunes
Elenco: Marcelo Militão – Mariana Abreu – Mário Ferrolho
Produção: Grupo TIA
Duração: 45 minutos
Público: Livre

Programação dia 02 de julho:
9h – Roda de encerramento do XX Encontro da RBTR.
15h – Espetáculo “História de circo sem lona” com o Grupo TIA (Canoas-RS).
Local: SESC Thermas, Rua Alberto Peters, 111 - Jardim das Rosas.
18h – Sarau de Abertura da 2ª Semana da Diversidade (Somos LGBT / Pres. Prudente-SP).
Local: Quadra coberta do Parque do Povo.

sábado, 1 de julho de 2017

Programação dia 01 de julho encontro RBTR - Ato 3 anos sem Lua Barbosa, Cortejos, plenárias e espetáculos

O dia será de relembrar que a nossa querida Lua foi assassinada, vítima da violência policial. Fazem 3 anos que carregamos essa triste história conosco. Com o apoio dos mais de cem artistas de diversas partes do Brasil faremos um ato Artístico, um cortejo saindo do Galpão da Lua até a Praça 9 de Julho para marcar essa data e cobrar justiça, cobrar também a desmilitarização da polícia e o fim dos crimes cometidos por esta instituição principalmente contra pretos pobres e jovens das periferias.
Espetáculo Blitzz - Foto de Marcia Tanaka
























Nós amigos, familiares e artistas da RBTR sairemos às ruas com nossa arte e nossa dor e gritaremos. Queremos uma política de segurança pública que respeite a vida, que respeite os direitos humanos. Por justiça a Lua Barbosa e a todas as vitimas de violência policial.

Blitzz - Foto Márcia Tanaka
O ato contará com a encenação da peça “BLITZ - O Império que nunca dorme” com a Trupe Olho da Rua, que tão bem trata dessa violência que queremos um basta. O espetáculo simboliza pela ótica da sátira com elementos e signos que representam o poder opressor do Estado e da mídia corporativa, resignificando o que está posto escamoteado pelo senso comum na intenção de ressaltar a potencialidade estética e dramatúrgica do que nos é apresentado como comum no dia a dia.
A programação de sábado terá também, no período da tarde, lançamento de dois livros: “Teatro de Rua – Discursos, Pensamentos e Memórias em Rede” (Organizadores: Vanéssia Gomes, Licko Turle e Jussara Trindade) e “Longa Jornada de Teatro de Rua Brasil Afora” (Autor: Márcio Silveira dos Santos).

Livro “Longa Jornada de Teatro de Rua Brasil Afora” apresenta ao público um recorte da trajetória do Grupo Manjericão. São relatos apaixonados que vem à tona pelas mãos de um de seus fundadores, Márcio Silveira dos Santos, trazendo vivências ao leitor como se fosse espectador de cada momento vivido. Ainda traz os relatos da maior aventura do coletivo artístico porto-alegrense, que parte do Rio Grande do Sul para uma jornada no norte do Brasil. Mas não é uma expedição qualquer. Trata-se de levar a arte teatral para o interior da Amazônia, descendo de barco rios como o Madeira e o Rio Amazonas e atracando nas comunidades ribeirinhas com a palhaçaria feita por um experiente trio. Essa jornada é apresentada em seus encontros inusitados e momentos singulares, em narrativas e diários de bordo, além de muitas imagens captadas nesta imersão na floresta.

Sobre o autor:
Márcio Silveira dos Santos nasceu em Porto Alegre/RS. É professor-pesquisador com Licenciatura e Mestrado em Artes Cênicas pelo Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Atualmente é Doutorando no Programa de Pós-graduação em Teatro da Universidade do Estado de Santa Catarina. É ator, diretor, dramaturgo e palhaço no Grupo Manjericão/RS. Articulador da RBTR – Rede Brasileira de Teatro de Rua e membro do GT Artes Cênicas na Rua da ABRACE – Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-graduação em Artes Cênicas. De 2010 a 2014 foi representante da sociedade civil no Colegiado Setorial de Teatro/RS no CNPC – Conselho Nacional de Política Cultural/DF

Livro “Teatro de Rua – Discursos, Pensamentos e Memórias em Rede” (Organizadores: Vanéssia Gomes, Licko Turle e Jussara Trindade)

O Grupo Teatro de Caretas em parceria com o Conselho Nova Vida apresenta TEATRO DE RUA: Discursos, Pensamentos e Memórias em Rede. O livro está organizado de forma a propiciar aos leitores (em especial aqueles artistas que atuam nos espaços abertos) os múltiplos olhares de algumas práticas/experiências artísticas realizadas pelos rueiros do Brasil que se transformaram em estudos, pesquisas, reflexões, registros históricos. De certa forma, ele é para nós uma práxis; ou seja, uma devolução teórica para retroalimentar a nossa prática como artistas-trabalhadores das ruas que somos. Os articulistas, que generosamente contribuíram com esta edição, são atores/ diretores integrantes de um ou mais coletivos ou grupos de teatro de rua de todo o Brasil. Alguns atuam também no ensino das artes, em instituições públicas e privadas, como artistas-docentes; outros aprofundam suas investigações no campo científico da pesquisa e da pós-graduação. Uma conquista para a multiplicação dos saberes e fazeres.

Banda Dr. Jupter

Às 20h espetáculo “Lorys para maiores” com Lorys Verônica.
 E para finalizar a noite show com a Banda Doutor Júpiter de Mairiporã-SP, que se autodenomina "caipira", tem sonoridade folk com elementos rock, country e da música brasileira. O quarteto é considerado um autêntico representante da música folk brasileira.






Programação de hoje
Sábado, 1 de julho

9h – Ato/cortejo artístico “3 anos sem Lua Barbosa – Desmilitarização Já!”.
Itinerário: Galpão da Lua – Praça 9 de Julho.
11h30 – Espetáculo “BLITZ - O Império que nunca dorme” com a Trupe Olho da Rua (Santos-SP). Local: Praça 9 de Julho, Centro.
14h – Plenária da RBTR e GTs.
17h – Lançamento dos livros: “Teatro de Rua – Discursos, Pensamentos e Memórias em Rede” (Organizadores: Vanéssia Gomes, Licko Turle e Jussara Trindade) e “Longa Jornada de Teatro de Rua Brasil Afora” (Autor: Márcio Silveira dos Santos).
20h – Espetáculo “Lorys para maiores” com Lorys Verônica (Pres. Prudente-SP) e Banda Doutor Júpiter (Mairiporã-SP). Local: Rua Júlio Tiezzi, Centro (em frente ao Galpão da Lua).